segunda-feira, 14 de março de 2011

Eu não matei Joana D’arc!

Em algum cantinho meio acuado desse quarto enorme você pode encontrar minha saudade.




”Que os bons ventos vos guiem…”